Boas ideias, cursos, finanças, palestras

4ª Semana da Educação Financeira

Olá pessoas, hoje começou a 4ª Semana da Educação Financeira, a Semana Nacional de Educação Financeira – Semana ENEF – é uma iniciativa do Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF) para promover a Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF).

Diversas ações educacionais serão realizadas nesta quarta edição, que acontecerá de 08 a 14 de maio de 2017. Aqui, você tem acesso às informações dos eventos da Agenda Oficial, que são ações gratuitas oferecidas pelos membros do Comitê e por seus parceiros. Se você tem interesse em organizar atividades durante a Semana, cadastre suas ações na aba Outras Iniciativas. Antes de inscrevê-las, observe os critérios e vedações constantes em Orientações e Critérios. É de total interesse do CONEF que muitos se juntem a esse esforço de levar educação financeira à população.

Seguindo a tradição, a 4ª Semana Nacional de Educação Financeira promete ser um sucesso.Na primeira edição da Semana ENEF, ocorrida em 2014, foram realizados mais de 170 eventos, presenciais ou online, em 21 cidades de 17 estados brasileiros e DF. Já na Semana ENEF de 2015, realizada no mesmo período da Global Money Week, foram realizados 505 eventos, presenciais ou online, impactando milhares de cidadãos.

Sobre Educação Financeira

A educação financeira tem como objetivo conscientizar o indivíduo sobre a importância do planejamento financeiro, para que desenvolva uma relação equilibrada com o dinheiro e decisões acertadas sobre finanças e consumo.

Quando o cidadão entende os fatores que influenciam suas escolhas financeiras, consegue equilibrar seus desejos imediatos com suas necessidades de longo prazo. Um dos efeitos disso é o aumento do hábito de poupar, outro importante pilar da educação financeira. E todos saem ganhando, já que cidadão financeiramente educado contribui para o bem-estar coletivo, seja porque essa qualificação resulta em um sistema financeiro mais sólido e eficiente, seja porque cada pessoa tem melhores condições para lidar com emergências e momentos difíceis da vida.

Conheça mais sobre a Estratégia Nacional de Educação Financeira em seu sítio oficial: www.vidaedinheiro.gov.br. Lá você encontrará também diversas ferramentas e matérias gratuitos, além de links para os sítios de todos os membros do CONEF.

Orientações

Com o objetivo de orientar a inserção do tema educação financeira em escolas, o CONEF construiu o documento intitulado Orientações para Educação Financeira nas Escolas. Este material orienta pedagogicamente a construção de atividades educacionais voltadas à promoção da educação financeira em escolas públicas e privadas.

post_8_Enef_Facebook

Nas Escolas

Dentro do espaço escolar, a educação financeira é um importante tema transversal, colaborando para a formação de cidadãos mais autônomos e conscientes de sua relação com a economia. Pensando nisso, a Estratégia Nacional de Educação Financeira desenvolveu um Programa de Educação Financeira voltado para a promoção do tema nas escolas. O material está disponível para ser acessado gratuitamente por professores, escolas e pais. Confira no site www.edufinanceiranaescola.gov.br. Além disso, o CONEF está engajado em inserir o tema educação financeira na proposta que está sendo construída para a Base Nacional Comum Curricular.

Nesta Semana ENEF, você também pode promover atividades dentro das escolas. Temas como Poupança, Planejamento, Orçamento, Consumo e Investimento podem ser abordados com atividades simples como aulas, gincanas, palestras, jogos, seminários, etc. Acesse o Documento de Orientações para Educação Financeira nas Escolas, (Anexo 4 do Plano Diretor da ENEF), crie sua iniciativa na escola e compartilhe-a conosco.

Então, dá uma olhadinha na agenda oficial aqui ou veja outras iniciativas pelo Brasil e seja uma pessoa financeiramente feliz!!!!

Fonte: Semana ENEF

Boas ideias, cursos, parceiro, Sem categoria

Núcleo Jampa

Curso de Planejamento Estratégico  Pessoal com Renan Carneiro

 

No último dia 29/04, sábado, tive a satisfação de participar do curso presencial de Planejamento Estratégico Pessoal com o nosso membro nucleano Renan Carneiro, Engenheiro Civil, com MBA em gerenciamento de obras e gestão de projetos.

O curso aconteceu no Centro de Tecnologia da UFPB, em João Pessoa, e contou com a presença dos membros nucleanos e também da alguns discentes da comunidade acadêmica de Engenharia Civil da mesma instituição.

18198450_1295895903850637_1909322188791794979_n

O Renan é membro do Núcleo Jampa e voluntário no TEDX João Pessoa. Ele defende que o planejamento deveria ser melhor empregado nas pequenas empresas e com pessoas, gerando assim, a boa gestão das empresas e uma visão de futuro para as pessoas.

O curso consiste em identificar a princípio o status quo, diferenciar o que é sonho do que é desejo, planejar como superar os obstáculos e determinar as ações a tomar, com menor risco, para que o objetivo seja alcançado.

Além disso, ele explica que temos um ciclo a executar para que o sucesso seja alcançado, o qual segue abaixo:

0f067958a48e5cf86acc52f4289d1c72

Foto: Rota do desejo

Devemos também classificar nossos objetivos, o que cada pessoa deve TER, FAZER e SER, além de filtrar as ações entre o que é mais importante para aquele momento e o que pode ser, estrategicamente, adiado dependendo do grau de prioridade.

Para um planejamento bem feito, também devemos “minar” nossos planos, verificar quais os riscos e obstáculos que podem ocorrer durante a execução, para que possamos nos precaver de possíveis empecilhos durante o trajeto, para esse momento o Renan sugeriu uma Análise SWOT para cada objetivo, determinar os prazos e concluir com a avaliação buscando sempre compreender quais os motivos que o fez alcançar o sucesso do objetivo e também as dificuldades e insucessos, essa fase é extremamente importante para o aprendizado.

Segundo o Renan, “Um curso prático, colocando a mão na massa e utilizando algumas ferramentas. Neste curso aprendemos desde a geração de ideias, aprendemos a filtrá-las, até fazer um plano de ação executável. Foi muito agradável realizar esse curso com os Nucleanos. Pessoas inteligentes e que pretendem transformar seus desejos em ações. Foi de grande prazer trabalhar nesta manhã de sábado. Aguardo a evolução dos seus projetos pessoais” (dos participantes).

Por fim, agradecemos a participação de todos os presentes e fica aberto o convite para ingressarem nessa grande comunidade de gente boa, participando de qualquer programa da Fundação Estudar. Busque uma edição mais próxima de você, as inscrições estão abertas em todo o Brasil, nesse semestre teremos três edições do Liderança na Prática (16h) na Paraíba que ocorrerão em João Pessoa, Campina Grande e Patos.

 

 

Elaine Almeida é Representante de Marketing do Núcleo Jampa, cursa Bacharelado em Administração e é fundadora do blog Meu Caderno naWeb, que dispõe de informações sobre administração, gestão, cursos, editais, eventos e entretenimento.

 

eventos, startup, tecnologia

2ª Conferência Pernambucana de Startups e Empreendedorismo

17353173_1420326597988329_3718442713130558948_n

 

O Mangue.bit 2.0 tem como objetivo proporcionar um ambiente atrativo com conteúdo de alto nível e networking bastante qualificado com os melhores agentes do ecossistema brasileiro de inovação e empreendedorismo. A estratégia é movimentar o segmento de startups e mostrar o que Pernambuco tem de melhor na área. Organizado de forma independente pela comunidade de empreendedores de Recife – a Manguezal, o Mangue.bit surge como uma iniciativa colaborativa e nos posiciona como celeiro de grandes startups.

Veja mais informações no site do evento.

Adquira hoje mesmo seu ingresso do Mangue.bit 2.0.

 

Fonte: Mangue.bit 2.0

Editais por aí, Indústria, startup, tecnologia

Edital de Inovação para a Indústria

 

Projetos inovadores terão incentivo de mais de R$ 53,6 milhões neste ano para serem desenvolvidos e chegarem ao mercado. A partir desta segunda-feira (20), o novo Edital de Inovação para a Indústria, antes conhecido como Edital SENAI SESI de Inovação, começa a receber inscrições de empresas de todos os portes e startups interessadas em financiar ideias de produtos e processos inovadores. O lançamento da iniciativa foi feita pelo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, e pelo presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Guilherme Afif Domingos, na sexta-feira (17), durante reunião da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), grupo coordenado pela CNI, que reúne executivos das 200 maiores empresas brasileiras. Criado em 2004, o Edital SENAI SESI de Inovação mudou de nome este ano com a parceria do Sebrae, o que vai permitir atender uma fatia ainda maior das demandas da indústria por ideias inovadoras. Duas novas categorias foram criadas: Inovação Tecnológica para Micro e Pequenas Empresas Industriais, MEI e Startups e Empreendedorismo Industrial. O objetivo é incentivar a conexão entre grandes empresas e startups de base tecnológica e o investimento em inovação nos micro e pequenos negócios.  Destinado a promover a cultura de inovação e aumentar a produtividade das indústrias, o Edital conta com investimento de R$ 30 milhões do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), R$ 20 milhões do Sebrae e R$ 3,6 milhões do Serviço Social da Indústria (SESI). Neste ano, a meta é financiar 285 projetos com custo individual de R$ 75 mil a R$ 400 mil.

Mais informações clique aqui.

Fonte: Edital de Inovação para Indústria

Editais por aí, Indústria, startup, tecnologia

STARTUP INDÚSTRIA

2016-12-14-10_50_09-programa-nacional-conexc3a3o-startup-indc3bastria

Pensando hoje na indústria de amanhã.

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial – ABDI acredita que startups e indústrias trabalhando juntas alavancam a inovação no país e constroem a indústria do futuro.

O Programa tem o objetivo de promover o ambiente de negócios entre startups e indústrias, atuando com foco em ações de integração digital das diferentes etapas da cadeia de valor dos produtos industriais.

O Startup Indústria é uma iniciativa da ABDI em parceria com atores relevantes do mercado e governamentais, sendo resultado da interação, após última consulta pública encerrada em 23 de fevereiro de 2017, com mais de 1000 players.

BENEFÍCIOS DO STARTUP INDÚSTRIA

Para startups: Acesso real ao mercado (Negociação bem sucedida com a venda do Piloto para a indústria) somado a oportunidade de aporte financeiro de até R$ 700.000,00.

Para indústrias: Acesso a soluções de startups sem aporte financeiro.

Para Instituições de Apoio ao Desenvolvimento de Negócios: Compartilhamento de risco.

ETAPAS DO STARTUP INDÚSTRIA

1) Cadastro e Seleção de Startups, Indústrias e Instituições de Apoio ao Desenvolvimento de Negócios
Serão selecionadas 10 indústrias, 100 startups e 20 instituições de apoio ao desenvolvimento de negócios
Período: Março e Abril.

2) Matchmaking
Serão formados 10 grupos de trabalho. As indústrias escolhem até 4 startups cada de acordo com suas demandas e as instituições de apoio de negócios escolhem as startups que tem interesse de se conectar.
Período: Abril e Maio

3) Prova de Conceito
Codesenvolvimento das provas de conceito. 40 startups receberão até R$200.000,00 cada.
Período: Junho e Dezembro

4) Rodada de Negócios
As startups apresentam suas soluções para as indústrias participantes do Startup Indústria. As indústrias escolherão a melhor solução para o codesenvolvimento de 1 piloto.
Período: Segundo semestre 2017

5) Piloto
Serão realizadas 10 conexões entre startups e indústria para codesenvolvimento e aquisição dos Pilotos. 10 startups receberão até R$500.000,00 cada.
Período: 2018

6) Agendas de Novas Estratégias
A experiência da Conexão será compilada e compartilhada com a indústria nacional.

Para mais informações acesse aqui o edital.

 

Fonte: STARTUP INDÚSTRIA

Boas ideias, parceiro

Casa EducAtiva

Se você tivesse uma casa, o que faria nela?

O Pedro Chaves resolveu transformar sua casa num ambiente pra fomentar educação, empreendedorismo, tecnologia, cidadania e política também. O benefício será da própria comunidade local que irá usufruir do espaço.

O que é o projeto?

O projeto é um financiamento coletivo para transformar uma casa em um espaço aberto à comunidade. Ela fica no Conjunto Esplanada, cidade de João Pessoa, capital da Paraíba, e está fechada há mais de 2 anos, sem previsão de uso (mas as recompensas serão em São Paulo/SP).

A casa é própria, pertence ao idealizador do projeto, Pedro Chaves, fica numa região periférica próxima de outras comunidades.

A meta do projeto é reformar, ampliar e abrir a casa com uma infraestrutura para iniciativas que desenvolvam a região.

 

Por que apoiar esse projeto?

No bairro só tem uma escola pública, apenas uma linha de ônibus e é em direção ao centro e tem aproximadamente 8.600 moradores, sendo 25% jovens até 20 anos (IBGE).

Com o seu apoio o espaço será reformado e aberto ao público 7 dias por semana, com internet gratuita, salas para coletivos e movimentos que queiram usar o espaço, oferecer cursos, oficinas, encontros e debates.

Fomentar redes que têm pouca ou nenhuma representatividade no Nordeste, movimentos sociais e eventos. Muitos dos que acontecem em São Paulo são inspirações a serem levados para a região.

Iniciativas que abordem temas de educação, empreendedorismo, tecnologia, cidadania e política também. O benefício será da própria comunidade local que irá usufruir do espaço.

 

Como apoiar esse projeto?

Você pode contribuir através da campanha de financiamento coletivo no Cartase.me, essa contribuição não é doação! Todo apoio terá uma recompensa! =)

A partir de R$20 você poderá indicar e ajudar na escolha de projetos para serem feitos na casa!

Ahhhh!!! Os(as) 50 primeiros(as) apoiadores(as) ganharão um prêmio surpresa! 😉

 

Quem idealizou esse projeto?

Pedro Chaves, proprietário da casa, natural de Pilar/PB, começou a trabalhar aos 15 anos em negócio familiar, possui experiência profissional em órgãos de governo, empresas privadas e negócios próprios.

Estudante de escola pública, bolsista integral do curso de Administração na PUC-SP, fundador da Liga de Empreendedorismo da PUC-SP, um dos 3 estudantes indicados para comissão de escolha da nova reitoria (2016-2020), indicado para o DNA Endeavor 2015 como um dos 40 universitários embaixadores do empreendedorismo no Brasil, além da participação em outros eventos e organizações estudantis.

Voluntário da Fundação Estudar, Núcleo (rede alumni), Junior Achievement, SP Stars, Encontro Educação, entre outras.

 

Você poderá obter maiores informações e contribuir nesse projeto aqui.

Então, o Pedro Chaves resolveu doar sua casa pra esse projeto e você o que faria?

 

Fonte: Casa EducAtiva

cursos, tecnologia

TIM Tec

imagem_destacada_tim_tec

Conheça a TIM Tec

Ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica é uma das prioridades do Governo Federal. Em 2011, o governo criou o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que conta atualmente com seis milhões de alunos inscritos. Uma das iniciativas do Pronatec é a Rede e-TecBrasil, que oferece gratuitamente cursos técnicos e de formação inicial e continuada ou de qualificação profissional na modalidade a distância.

tim-tec-2013-gravac3a7c3a3o-de-curso-html5-introduc3a7c3a3o-ao-front-end-2-1024x683

TIM Tec é uma plataforma desenvolvida em código aberto do tipo MOOC, na qual são disponibilizados cursos online gratuitos alinhados ao Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação do Pronatec. Qualquer pessoa pode se inscrever para fazer os cursos, que ensinam linguagens de programação, banco de dados, websites, desenho de jogos, entre outros. Há também cursos dirigidos a professores do Ensino Fundamental (na área de ciências, por exemplo) e ao fortalecimento de competências consideradas básicas para a formação de qualquer profissional, como a escrita de textos.

galeria-1024x683

A tecnologia e os conteúdos da plataforma TIM Tec estão sendo compartilhados com instituições públicas de ensino da Rede e-Tec Brasil, com o apoio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC). 22 Institutos Federais, um Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET) e o Instituto Dom Moacyr já contam com plataformas de cursos MOOC personalizadas a partir do software TIM Tec ou estão em fase de instalação. O Instituto TIM apoia e acompanha as instituições no processo de instalação e uso da plataforma.

Conheça a instalação de TIM Tec para o Instituto Federal Sul-rio-grandense em mooc.ifsul.edu.br.

Para saber mais sobre TIM Tec, acesse o portal TIM Tec ou visite a primeira instalação da plataforma.

TIM Tec foi um dos vencedores do Prêmio ARede Educa 2016, conquistando o 3º lugar na categoria Plataformas Educacionais da modalidade Sociedade Civil. A premiação é uma iniciativa do portal ARede e da organização Bit Social.

Fonte: Instituto TIM